segunda-feira, 30 de maio de 2011

Porsche GT3 Cup Challenge Brasil - Etapa Buenos Aires


Os pilotos do Porsche Challenge ofereceram ao público presente no autódromo de Buenos Aires e aos telespectadores, um grande espetáculo nas etapas disputadas. Gilberto Farah conquistou a vitória em prova que teve quatro líderes diferentes e diversas disputas pelas mais variadas posições.

O agora líder do campeonato não fez uma boa largada, mas se recuperou e assumiu a ponta quando realizou uma bela ultrapassagem em cima de Sylvio de Barros. Antes disso, Fernando Barci, vencedor da primeira corrida do dia, e Gui Affonso já haviam passado pela primeira posição.

Gil, após a má largada, não imaginava poder vencer. "Já estava meio ciente de que talvez não fosse conseguir ficar entre os três primeiros. O resultado foi fantástico", disse.

"Tive uma disputa espetacular com o Sylvio. Assisti ao duelo entre ele o Gui como espectador. Depois da rodada do Gui, vi o Sylvio com a liderança do campeonato, pois ele teria dois primeiros lugares. Comecei a realmente me concentrar e me aproximar. A ultrapassagem que fiz foi um pouco arriscada. Se o Sylvio não fosse consciente e gentil, teríamos nos tocado."

Sylvio, em segundo no campeonato agora, com 38 pontos, dois a menos que Gil, contava com falhas do adversário no fim, mas elas não aconteceram. "Fiquei com aquele gostinho de estar com a vitória nas mãos e a perder, mas valeu pelo campeonato", afirmou.

Edu Guedes teve uma prova tumultuada, mas conseguiu a terceira posição. "Em disputa com o Barci, fui duas vezes para fora da pista e caí para sexto ou sétimo, mas recuperei posições. Foi um bom resultado. Estou pegando o jeito deste carro, pois estava mais acostumado com o antigo. Estou me ajustando a ele ainda. Daqui a pouco chego neles [nos rivais]", declarou o apresentador da TV Record.

A próxima etapa do Porsche Challenge acontece em 4 de junho, no Velopak, em Nova Santa Rita (RS).

A classificação segue para a próxima disputa assim:

1     (00)     Constantino Júnior 82
2     (  1)     Ricardo Rosset 78
3     (  7)     Clemente Lunardi 64
4     (34)     Maurizio Billi 43
5     (55)     Marcelo Visconde 42
6     (99)     Tom Valle 40
7     (52)     Roberto Posses 38
8     (27)     Ricardo Baptista 35
9     (  9)     Guilherme Figueirôa 31
10   (70)    Marcelo Franco 30
11   (10)    Adalberto Baptista 18
12   (89)    Daniel Paludo 16
13   (  3)    Eduardo S. Ramos 15
14   (36)   Charles Reed 14
15   (63)   Sérgio Ribas 14
16   (16)   Élsio Vichiese 10
17   (997) Marcos Barros 4
18   (11)   Omilton Visconde Jr. 4
19   (15)   Henry Visconde 3
20   (18)   Danilo Fernandez 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário